O pesadelo do ciúmes retroativo

O amor é um sentimento complexo que impulsiona reações inesperadas e desafia a racionalidade. Esses sentimentos fortes são, às vezes, excessivos ao ponto de perturbar o equilíbrio do casal.

Conflitos por causa do ciúme que cega, desnecessário, que diz respeito à esfera temporal — passado. Este tipo de ciúme tem um nome: ciúme retroativo ou de exclusão, também conhecido como a “Síndrome de Rebecca” — leva o nome de um filme de Alfred Hitchcock, inspirado no famoso romance da escritora britânica Daphne du Maurier, “Rebecca, a mulher inesquecível”.

Livro e filme contam a história de uma mulher que se casa com um viúvo. Ela mora com ele na casa onde o homem rico tinha vivido com sua primeira esposa. A mulher percebe que o marido está assombrado pela memória da falecida, pela qual ele ainda é apaixonado.

Essa síndrome, indica sentir ciúme hoje pelos sentimentos do parceiro no passado. É uma forma particular de ciúmes: ele não é provocado, sem justa causa, e pode se tornar uma obsessão. Essas reações indicam um ciúme equivocado, sobre algo vivido pelo outro, alterando o humor, resultando em ansiedade, raiva e uma certa paranoia com a traição. É a mitificação do outro.

Quando o ciúme é suave e controlado, pode ser compreendido como um sentimento normal, fisiológico e consequente. Decorre do zelo e medo de perder a pessoa, e mais precisamente a partir do medo de que alguém tire o que você tem.

O ciumento tende a justificar suas ações, chamando-o de um testemunho de amor. Na verdade o ciumento não se dá conta de que o ciúme exagerado é o exato oposto de uma demonstração de amor e só serve para criar uma imagem distorcida de si mesmo. O ciumento se torna obcecado por fantasmas, na maioria das vezes sujeitos imaginários como aqueles rotulados como “ex”.

Ciúme pode aumentar com a intensidade do relacionamento vivido, especialmente nos casos de compartilhamentos importantes, como o casamento, gravidez, a superação de uma doença ou forte cumplicidade sexual, ou se o relacionamento acabou depois de outros fatores, como a distância física, deixando assim uma memória agradável e também um sentimento de respeito e afeto mútuo.

Essa retrospectiva não afeta somente pela lembrança de velhos amores, mas também pelas vivências com a família e amigos. Soa tão irracional sentir ciúmes do que foi a história, mesmo antes de conhecer, mas a mente nem sempre faz distinções entre o passado, presente e futuro.

No advento das mídias sociais esse fenômeno se intensificou. Relacionamentos passados podem retornar de paraquedas no presente. Facebook, Instagram e Twitter, tornam-se ferramentas tentadoras, fáceis e eficientes para checagem de perfis alheios. Nesses caminhos virtuais o ciumento chegar onde está o conteúdo que atestará o passado “terrificante”.

Este comportamento de investigação ciumenta é repetido obsessivamente, para além da curiosidade genuína e vira uma prática rotineira. Quando isso ocorre, é hora de pensar sobre dar um tempo, tirar umas férias do mundo virtual e quebrar o ciclo que diuturnamente estabelece rituais de verificação, despendendo energia que poderia ser canalizada para outros fins.

É preciso tomar a decisão de não entrar em um comportamento que causará danos para a rotina da sua relação. E os limites acordados são importantes, no sentido de não restringir a liberdade do parceiro.

A comunhão do passado sentimental

O corpo e a mente contam a história pessoal dos indivíduos. Cada um é o resultado das experiências vividas e convividas, que contribuíram para a construção e a forma de se relacionar. É a bagagem individual. Quando uma história termina e outra começa, é inevitável pensar nos velhos amores ou até mesmo compará-los com o atual, dentro da normalidade.

Desmitificar o amor do passado é o primeiro passo para a construção de um relacionamento duradouro e sincero. Compartilhar permite superar, construindo assim, uma relação baseada na transparência e, em valores importantes (respeito, sinceridade, compreensão e confiança).

Falar sobre isso é a melhor maneira de não suscitar fantasias, elas devem ser combatidas, não subestimadas, possibilitando arejamento na relação, focando no tempo presente, somando uma nova história.

70 Comments
  • Léo Gama

    Adorei o texto!
    Um dia ouvi que o ciúme do passado é pior que o ciúme atual. Principalmente se tratando de ex já falecidos, pois o morto se torna perfeito.
    Um disfarçaremos disso pessoalmente para debatermos melhor.

    • Auriane Rissi

      Grata Leo. Sim trata-se da “Síndrome de Rebecca”, a mitificação da pessoa, algo complexo de lidar.

  • J. R. Breseghello

    Há uma forma terrível e acachapante de ciúme: o da família! Se quem está com você sente ciúme da sua família…é desastroso! Há 27 anos tento, da melhor maneira possível, lidar com isso.

    • Auriane Rissi

      Sim José Reinaldo, sempre bom encontrar o tom e evitar prejuízos na hora de demonstrar afetos.
      BjBj

  • Silvia Helena

    Adorei o texto! De fato o ciúme retroativo é um grande problema e se alimentado então vira algo mortal.

    • Auriane Rissi

      Obrigada Silvia. Uma alegria saber você leitora. BjBj

  • Wis

    Tenho sofrido bastante com esse sentimento e sinceramente nem sei o que fazer. Já tentei esquecer, mas sempre as lembranças me atormentam, até mesmo em formas de pesadelos. Adorei o texto!

    • Auriane Rissi

      O enfrentamento é necessário, eliminar fantasias e colocar algo saudável no lugar desses pensamentos automáticos também é uma possibilidade. Que bom que gostou do texto. Grata.

  • Gabriela

    Sofro muito com esse sentimento e sinto que estou a beira de prejudicar meu relacionamento! Está bem dificil!

    • Auriane Rissi

      O ciúmes exagerado é resultado de baixa autoestima, como se não estivesse à altura do seu par. Ter consciência lhe dá nocão de certo e errado. Se não conseguir superar sozinha, e o relacionamento vale a pena, procure ajuda terapêutica. Cuide do seu relacionamento. Cuide de você!

  • Roberta

    Sofro muito com o passado e tb quando termino um relacionamento. Realmente o ciúmes do presente não é algo comum para mim, a ñ ser que relacionado à alguém do passado, mesmo q não tenha rolado nada, mas a intenção. Eu não posso saber de nada, mas se sei eu quero perguntar td e me comparo o tempo todo, me dói o corpo todo e transpiro todinha se ele não me responder, daí tenho que ter certeza se é verdade dele, e qero sempre que ele faça mais e melhor para mim. TODOS os meus relacionamentos acabaram por isso, e eu prefiro ficar sozinha do que sofrer tanto. No momento tenho um namorado pouco experiente, mas o pouco que já fez eu já sofro, mesmo eu sendo mt mais vivida que ele, e até o fato dele não ter feito mt coisa eu questiono, tipo, não fez pq fulana não quis e tds p mim são P…, , estou tentando, meu namorado diz que me ama mas tem medo de mim, do q eu posso pensar, tem medo d falar qqr coisa, pq tem medo de eu não gostar, pq eu procuro sempre caminhos que me levem a algo q já viveu. Já temos mais de 30 anos de idade e sofro ainda, e fiz tds namorados sofrerem. O meu atual mal namorou, por isso aguento mais ficar com ele.

  • Tessa

    Ultimamente sofro muito com isso, é incontrolável e eu começo a chorar, a cabeça dói e o peito tambem. Fora os pesadelos que são horríveis! E muito difícil e estou com medo de afetar meu relacionamento por causa disso!
    Adorei o texto!

  • Clevio

    Olá. Eu já passei por isso, e muitas pessoas acham que é bobagem e frescura. Mas não é. Existe tbm o ciúme de um passado que nem foi levado a tona, mas só pelo fato de saber que o conjuge já teve um namoro, vem “possíveis” cenas na mente, podendo até mesmo estragar o sentimento. E chega a ser neurótico quando ainda sequer está se relacionando, mas só se conhecendo. O que ajuda a remover isso tbm é saber muitos fatores, tipo, religião (há religiões que só aceita a relação sexual depois do casamento, tradição familiar, etc.). Por experiencia própria, o ciúme do que ainda nem se conhece (e talvez nem vai conhecer), mas só se imagina pelo fato de saber que ela namorou, cria pensamento na mente até descer no coração, resultando em feridas, mas já nem é por culpa de ambos, mas por culpa da própria pessoa. Reconheço isso. Ótimo texto.

  • Ketney

    Gostaria de saber como enfrentar o ciumes do passado quando no caso o meu namorado tem 3 filhos em 3 relacionamentos diferentes, se puder me responder no meu Email agradeço muuuuuito pois não sei mais o que fazer pra superar isto tudo ??

  • Silva

    Como administrar algo que não depende de vc mesmo? Quando dou conta me encontro pensando no assunto, sem nem ao menos perceber. No meu caso especificamente a pessoa com quem me relaciono agora, jah teve um filho fruto de outro relacionamento, eu também tenho filho de outra união, mas não temos filhos nossos. O fato dessa pessoa viver hj comigo um amor mais maduro, bem diferente da PAIXÃO que sentiu antes em relação a outra pessoa, me traz muita angustia. Como superar? Se puder Solicito responder para o e-mail, Grato.

    • Nayara

      Pelo amor de deus ou de qualquer coisa, se alguém sabe de um meio para resolver isso, ou quer conversar, trocar experiencias , qualquer coisa…. entre em contato
      nay_ce@hotmail.com

      • RENATO BEGE

        gostaria de trocar experiencias. preciso de ajuda

        • Vanderlei de Paulo

          Ola eu tbm sofro com isso minha esposa teve outros homens antes de mim eu perguntei quem foi o primeiro ela foge do assunto e diz que fui eu mas sei que não sou ai fico pior ainda fico achando que ela ta pensando no primeiro quando estamos na cama e horrível

  • Henrique

    Também estou passando pelo ciúmes retroativo e quase terminei meu relacionamento por isso. É a primeira vez que me relaciono intensamente com uma pessoa, e estamos há 8 meses juntos. Desde o início não havia ciúmes do presente, porque sempre deixamos claro um pro outro que não queríamos um relacionamento infiel. O nosso contato é muito próximo e intenso, estamos ligados em muitas coisas. E isso aconteceu com a gente. No início, foi ela quem manifestou os sintomas, e eu não entendia, porque ela tinha descoberto que antes dela eu havia ficado sério com uma pessoa, e essa pessoa do passado havia me dispensado. Eu fiquei muito mal com a sensação do desprezo, e decidi que nunca iria correr atrás da pessoa. Então, para mim já era algo certo: o passado não vai voltar. Mas isso a atormentava o tempo todo. Ainda mais que essa pessoa do passado está no nosso cotidiano e, às vezes aparece para provocar a minha namorada. Foi então que eu descobri sobre 3 relacionamentos anteriores dela, e foi como um pesadelo. Até que um dia não consegui dormir devido a isso e tive que conversar sobre tudo com ela, eu queria saber tudo o que ela fez e contei tudo o que já fiz (que foi bem pouca coisa, já que fui me envolver amorosamente com uma pessoa somente aos 21 anos). Essa conversa machucou bastante. O que eu trago disso tudo é que, esse ciúmes só existe porque estamos nos amando numa intensidade muito elevada, e queríamos nos sentir como se fôssemos os primeiros. Mas, o importante na relação é o que temos agora. Gosto de brincar que nossos destinos foram traçados na maternidade, nos apenas ainda não tínhamos nos conhecido. E, de certa forma, foi muito bom que aconteceu tudo isso é nós conhecemos somente depois, já que o que somos hoje é fruto do que fizemos no passado. Talvez, e acho que essa é uma dica para todos o que têm esse sentimento, se não tivesse sido o passado, não estaríamos tão conectados e intensos. Já que, o que temos hoje é muito verdadeiro e nos gostamos muito.

    Os fantasmas sempre vão nos assombrar, mas o importante é saber o que fazer com tudo isso.

    Boa sorte pra todos vocês!

  • Camila

    Já melhorei um pouco, mas ainda sofro com esse tal ciúme retroativo, que até então achava que era loucura, que somente eu tinha isso.. Mas agora vi que há muita gente nessa mesma situação..

    • Auriane Rissi

      Folgo em saber que o artigo serviu para esclarecimento, Camila. O objetivo vai sendo atingido. Boa Sorte. BjBj

  • CLTR

    To sofrendo muito com isso… aliás, to lendo isso agora, vagando pela internet, procurando sobre o tema. Minha cabeça vai explodir. ?

  • Nelly

    Meu namorado sofre deste mal: tem ciúme de toda minha vida. Inclusive da maior parte dela onde eu nem sequer o conhecia. Tento e peço muito para focar no hoje, em nós, porque eu o amo muito. Mas, sei que se continuar, vou preferir terminar, ainda que seja doloroso. Quando ele traz estes sentimentos a tona, parece que quer me fazer uma pessoa menor ou que eu sinta culpa pelo que já vivi. Isso só mata o amor.

    • Daniela

      Estou passando por isso…. Estou angustiada, sem saber o que fazer. Eu o amo tanto ☹️

  • X.

    Auriane, eu já tentei de tudo. Já tentei aceitar as histórias do passado do meu marido, já tentei aceitar ser amiga ou pelo menos conviver com as ex, já tentei várias terapias, já tentei me cuidar, cuidar do visual, da vida… e nada. Os pensamentos obsessivos não cessam. Me pegam quando estou concentrada com minhas coisas, ou no trabalho, ou quando acordo do nada pensando besteira, ou tenho pesadelos … de repente vem na minha imaginação alguma cena deles fazendo o melhor sexo do mundo, ou dele sendo carinhoso e apaixonado com as outras como nunca foi comigo, ou ele tratando elas melhor do que me trata, ou como o corpo delas é perfeito e o meu é um lixo. Aí eu começo a me comparar e me sentir péssima. E fico em cima dele fazendo perguntas. Ele não aguenta mais, nem eu. Mas queremos superar e continuar juntos. O que eu faço? Socorro.

    • Jana

      Nossa… Minha cópia!!!
      Tenho esse mesmo problema, chega a me dar nojo de lembrar do passado dele. Hoje mesmo achei o pc conectando no e-mail e a primeira coisa que fiz foi procurar pelos e-mails da ex. E estavam lá, um monte de promessas, tratamentos carinhos, enfim, uma infinidade de afeto que me fez chorar por horas…

    • Mimilly

      Passo pela mesma situação, ele me faz sentir culpa por situações que ocorreram no meu passado. Mesmo sabendo que não deveria me sentir assim..

  • Fabiana Regina de Araújo

    Eu preciso de ajuda, meu namorado simplesmente está revirando todo meu passado, lendo conversas minhas de dois anos atras, fez uma vez e disse que nunca mais faria, essa noite enquanto eu dormia fez novamente….brigamos das 5 da manha até as 10….. depois chorou muito e disse que era o culpado, mais leu conversas minhas com ex namorados….. sinceramente ele me faz sentir culpa por uma coisa que não tenho…

    • Felipe

      Nossa…desculpa .pelo comentário ..mais eu faço isso insensatamente com minha esposa ..nem eu aguento Mais isso

  • Igor Batista

    Excelente texto! Muitíssimo bem escrito. Quando sofri com este tipo de ciúmes, sozinho descobri que o que ocorria era isso mesmo: mitificação do outro.

    Parabéns e obrigado!

  • Denis Oliveira

    Estava “ficando” sério com uma menina que eu amo muito, ela terminou comigo e nós “ficamos” com outras pessoas (Eu muito mais que ela pois estava frustado).
    Ela se arrependeu, correu atrás de mim por uns meses e nós voltamos, pedi ela em namoro e hoje nosso relacionamento esta firme e forte. Ela lida muito bem com o fato de eu ter “ficado” com outras garotas, porém eu não sou bem assim, detesto pensar que ela ficou com outros caras, principalmente pelo fato desses caras serem más influencias e ao meu ver, serem pessoas com um futuro “fraco” pela frente. Adorei o texto. Feliz Natal e um ótimo ano novo.

  • Felipe

    Boa tarde ..nossa como sofro desse tal de ciúme retroativo…minha esposa não aguenta mais…o pior ..nem sexo consigo fazer mais sem me comparar com os outros… Eu me botando sempre,sempre pra baixo ..

    • Felipe Fernandes rodrigues

      Bem isso , vai te minando dia a dia .

  • Lee

    então, eu tenho ciúmes de dois maridos que tiveram filhos com minha namorada e de um namorado dela que frequenta um baile de dança. já conheci os dois maridos e foi terrivel..porque fiquei com muita raiva..mas nao houve agressao..ja o ex-namorado eu cheguei a ver em uma foto, ela abraçada, mas nao fitei a cara do infeliz, porém tsempre que vamos ao baile eu fico puto e revoltado. no entanto, em outros lugares isso nao acontece, mesmo que a gente vá a um bar com muito mais homens que mulheres, eu nao fico encium ado.

    será que se eu evitar esse tal desse baile ..as coisas ficarão numa boa? como li que em certas ocasiões é melhor quebrar o ciclo, no caso das redes sociais, acabei por pensar nisso.

    Valeu

  • milla

    Pensei que fosse a única mulher que sofresse desse ciúme,meu marido foi casado com uma pessoa, tem um filho dessa relaçao e isso me causa muita raiva,tristeza,fico angustiada demais.Foi um casamento forçado,ele tinha 19 anos na época e engravidou a infeliz, segundo ele ela fez de propósito nao tomou a pilula do dia seguinte. Mesmo assim,ele conviveu com ela por 4 anos,falava pra todo mundo da família que nao a amava e que um dia ira se separar.Isso aconteceu,nos conhecemos, nos casamos e temos um bebe de 9 meses, quando esse filho dele vai pra nossa casa nos finais de semana eu me sinto um lixo, eu nao suporto imaginar que aquele menino foi uma transa do meu marido com outra mulher… Isso me mata por dentro.O pior é imaginar que tudo o que ele faz comigo já fez com outra mulher, mesmo sem sentir nada por ela, só pelo sexo. Meu Deus me ajude,ando sofrendo demais…

  • "Ana"

    Estou vivenciando essa situaçao também. Namoro há um mês apenas, mas logo que nos conhecemos ele já veio despejando todo seu passado, falando tudo que já viveu mesmo eu dizendo que nao queria saber. Ele diz que não gostaria que eu soubesse por outras pessoas, por isso me contou.
    Gente, o passado dele é terrivel!!! Já teve tres casamentos, mas o pior é que ele já foi gigolô (sustentado por uma senhora bem mais velha) e foi gogo boy. Tem muito mais coisas q ele fez que prefiro nem comentar.
    Não consigo lidar com essas coisas do passado, por isso vou terminar o namoro antes que fique mais serio e mais dificil desapegar depois.

    • X.

      “O pior é imaginar que tudo o que ele faz comigo já fez com outra mulher, mesmo sem sentir nada por ela, só pelo sexo.”

      eu sei bem como é difícil isso, é horrível, a gente se sente mal, enojada, sei lá o que mais de todo tipo de desconforto. eu consegui melhorar um bocado depois que li este blog e outras coisas, tive que insistir muito em me auto-tratar e controlar os meus pensamentos. ainda estou no caminho, mas já consigo pelo menos não ser consumida por essas ideias que só destroem e não levam a nada. beijos!

  • Suellen

    Estava pesquisando e lendo sobre o ciúmes retroativo e acredito que seja bacana entender o ponto de vista de outras pessoas que têm esse ciúmes ou que passam por isso com o companheiro agindo dessa maneira. Se alguém quiser conversar e compartilhar opiniões, me manda um email. No caso, eu sou uma ciumenta e estou definitivamente decidida a melhorar e há não prejudicar o meu relacionamento.

    suellenc.reis@hotmail.com

    • Naty

      Nossa sei muito bem oq vocês passam ,estou acabando com minha vida e a do meu marido por esse mal horrível e diabólico ciúme retroativo ,me sinto a pior pessoa do mundo nao sei mais lidar com essa situação eu melhoro um tempo e sempre quando volta volta 3x mais forte a raiva a angustia, os choros e brigas eu nao sei mais oq fazer se alguem puder me ajudar pelo amor de Deus me chama pra conversar eu amo ele e nao quero perde-lo

  • Suellen

    Gostaria de conversar com a Escritora do artigo, parabeniza-la pelo texto e ouvir seu ponto de vista.

  • Gabriela

    Sofro desse mal a anos, tentei de tudo já religião, terapia, remédios, nada adianta! É uma frustração imensa, é uma dor constante, é um auto controle diário, 24hs por dia…. Não aguento mais, perdi muitas pessoas já por causa disso, é muito difícil superar esses fantasma, não gosto de ser assim, me faz mal e ninguém entende, tô cansada sabe… Prefiro ficar sozinha…

  • Eriane

    Tenho muito ciume da ex do meu marido tenho medo dele gostar dela

  • Anderson

    Eu tenho isso, não estou aguentando, estou no meio de uma crise de ciumes retroativos, e pior: minha namorada é virgem, só beijou na vida, mas só de pensar que ela “ficou por ficar” com outros homens, me dá nojo, raiva, vontade de desabafr tudo isso. Nós dois temos 22 anos, eu não tenho ciumes de namorados antigos, pois acho que se namoraram é porque o cara tinha compromisso com ela, a respeitou, e ela se valorizou pois namorou. Mas ela também já ficou só por ficar, inclusive ficou 2 anos com um cafajeste da faculdade, que ela sabia que era galinha, mas mesmo assim ficou, ela só parou de ficar porque descobriu que ele era casado, ela no inicio me passou uma imagem de mulher difícil, madura, que se valoriza. Só o fato de imaginar ela ficando com caras em shoppings, ficando com cara da faculdade… isso corta meu coração demais, eu queria que até o primeiro beijo dela fosse comigo, hoje é 18/02/2017 e neste momento temos 85% de o relacionamento acabar por causa disso, por um lado sofro, mas por outro sinto alivio pois não pensarei mais nisso. Sempre fui assim, desde que me entendo por gente, não sei o porquê, eu chego a cometer a loucura de pensar em arranjar alguma mulher que nunca beijou nem transou, porque acho que seria a unica forma de eu não me incomodar com o passado dela.

  • Claudia

    Estou passando por isso. Me relaciono com uma pessoa que perdeu a esposa por conta de doença. Fiquei assim por conta de quando fui morar com ele vi muitas coisas dela na casa ainda. Pessoas falando dela para mim. idolatrando ela…. Isso é horrível, é como se fosse um choque, e vem aquele sentimento ” e eu, não tenho valor” . Ele teve um casamento maravilhoso com ela, e agora fico com esse medo, esse medo dele ainda sentir falta dela, amar ela… Acho que se ele ainda sente isso ele não me ama, está comigo apenas para poder viver. Ele diz que eu sou tudo pra ele, que sou alma gema, que nunca viveu o que está vivendo comigo com alguém… Mas é difícil de acreditar, fico mais mexida ainda e com dúvidas, não sei o que fazer.

  • Rachel

    Tenho 7 anos de casada, de um casamento feliz. Tivemos que superar muitas coisas pra ficar juntos. Ele já teve um casamento anterior e tem um filho adolescente. Amo o menino e não tenho nenhum problema com a mãe dele. Meu problema é com as ex namoradas que Ele teve entre seu término com a ex mulher e quando começamos a namorar. Sinto até vergonha de mim mesma por sentir isso, mas não suporto saber que Ele ficou, transou com essas mulheres, que sentiu tesão, fico pensando se elas eram melhores na cama ou se ele fica lembrando… Uma delas mandou uma amiga ligar na minha casa, depois que já estávamos casados, pra falar que ela nunca o tinha esquecido. Ai que ódio, mesmo sabendo que quem não esqueceu foi ela, que ele me ama, e que ele não tem culpa dela ter feito isso… Sei que é irracional, mas é muito mais forte do que eu. Tem dias que fico remoendo, aí perco até a vontade de ter relação. Ai que droga sentir isso. Eu só precisava desabafar pra tentar aliviar um pouco esse sentimento ruim. Meu Deus que sofrimento, como eu gostaria de arrancar isso de dentro de mim. Chega a ser tão maluco que eu fico pensando se eu morresse, se ele ficaria com uma delas de novo. Acho que isso está beirando a insanidade.

  • Edmilson

    Sofro com este ciúme a 25anos, não sei mais o que fazer, quem sofre é minha esposa.
    Preciso de ajuda.

  • José Mendonça

    Preciso desabafar para vocês.
    Tenho um filho do relacionamento anterior e vivi bastante, seguindo os preceitos machistas de que quanto mais mulheres na vida, melhor. Minha atual esposa é 5 anos mais nova que eu e estamos casados há menos de 2 anos, mas o passado dela me incomoda demais. Ela namorou um servidor da Universidade que estava no processo de separação, mas acabou voltando pra esposa e no departamento, ela ficou conhecida como a p*t@ do cara. Chego eu nesse mesmo departamento para fazer uma pesquisa e todos me olham como o marido da p*t@ de fulano. Além disso, descobri recentemente (menos de um mês), que ela namorou com 3 caras do grupo de amigos que tem contato até hoje. Nesse fim de semana, estávamos em um show de rock e foram se juntando os amigos e quando vi, estavam todos eles lado a lado, assistindo o show e ver todos ali na mesma cena, os 3 ex e ela, mesmo que a uma certa distância, mas lado a lado, me machucou bastante. Tenho certeza que ela me é fiel, mas não consigo afastar esses fantasmas. Abandonei a pesquisa na Universidade, passei a fazer tudo em casa para não prejudicar meu relacionamento, os 3 caras são boas pessoas e me respeitam muito e sinto que gostam de mim, até têm certo medo porque sou bem maior e pratico artes marciais, mas não consigo deixar de sentir ciúmes. Fico culpando-a por ter um passado e por não ter me falado deles antes do casamento, mesmo eu já tendo aprontado bastante. É um sentimento irracional, porque eu tenho consciência que é errado sentir isso, mas não consigo evitar e fico tentando esconder minhas reações para que ela não perceba, mas é inútil. Ela acaba se sentindo mal por ter tido vida antes de mim e eu também tive e ela leva isso numa boa, ou seja, esse pensamento ciumento é apenas meu e nos machuca muito. Eu fico me perguntando se isso um dia acaba.

  • horak

    Isso é terrível …só quem vive ou viveu sabe

    • Ulisses

      Tem hora q tenho medo do que posso fazer por causa deste maldito ciúme…

    • ubirajara

      queria uma ajuda, minha atual mulher vivi insinuando sobre minha ex mulher, exemplo qualquer assunto ela sempre fala, pra outra vc fazia, a outra vc não tratava assim, tudo e a outra…não tenho contato nenhum com minha ex mulher, não falo dela em momento nenhum, mas minha atual vive falando essas coisas fico muito irritado e chateado ja tentei conversar com ela e não adianta. não sei oque fazer..

      • Vivi

        Sofro desse mal, ciume retroativo, isso é extremamente horrível!!! Já perdi muitos momentos especiais da minha vida com meu namorado porque enquanto eu estava com ele o meu pensamento estava na ex dele, eu fica imaginando e pensando o quanto os dois deviam ser felizes, os lugares que esle frequentavam, a vida que eles tinhas juntos, ficava imaginando e criando coisas em minha mente que talvez nunca existiram, eu perdia os meus momentos presentes e especiais por tentar viver e imaginar um passado que talvez nem tenha existido na intensidade que eu imagino, eu estava perdendo a minha vida tentando viver um passado que não é meu e que talvez nunca tenha existido… ainda morro de medo de ir a lugares que os dois já tenham ido e meu namorado ficar lembrando dela e o quanto os dois foram felizes juntos; ele diz que gostou muito dela mas que a esqueceu, porém, ainda fico com um sentimento de que ele tenha gostado muuuito mais dela do que de mim.. fico me comparando com ela, a menina não é linda mas também não é feia, é esquisita rs’ todos que vêem a foto dela diz isso, mas acreditem, eu ainda vendo e ouvindo as pessoas falarem e também vendo que ela é esquisita e feita, eu ainda me sinto inferior a ela, apesar de eu saber que eu sou mais bonita que ela, tenho mais qualidades que ela, eu insisto em pensar que ela é mais bonita que eu e que ela e mais que eu em todos os sentidos… isso só pode ser coisa diabólica para tirar a paz da gente.. eu tbm tenho medo de do que posso fazer por causa desse ciúme pois tenho vontade de acabar com a vida dela, descobri o endereço dela, telefone, lugares onde ela frequenta e ainda descobri que ela estava indo na casa do meu namorado conversar com a madrasta dele e ainda fica com graça com a mãe dele no facebook comentando e curtindo fotinhas, isso me ira, tenho medo do que sou capaz de fazer por causa disso, eu e meu namorado já discutimos várias vezes por causa disso, fio fazendo perguntas a ele e ele obviamente não gosta… agora estou melhorando, mas quase entrei em depressão por causa disso… só de pensar que um dia aquela vaca relou no meu namorado já me dá vontade de exterminar ela… já chorei horrores porque vi fotos dos dois juntos… ela é horrivel, mas mesmo assim sinto ciumes, meu namorado tem utras ex namoradas e sei quem são, mas eu encafinfei com essa infeliz de quem estou me referindo neste comentário, nem sei porque… mas tenho ódio dela pelo fato de ela ter encostado no meu namorado….

  • Manu

    Boa noite
    Estava lendo os comentários, e fiquei impressionada com a quantidade de pessoas que vivem desse mal, que assombra e aterroriza, também, a minha vida. Estava pensando, que se, nos reuníssemos em um grupo (whatsapp), poderíamos fazer um certo tipo de reunião, para trocarmos experiências e tentar nos ajudarmos, com nossas melhorias, pois na situação que me encontro, as vezes qualquer palavra de conforto, testemunho de algo que funcionou, experiências de pessoas que estão na mesma situação que eu, já é uma forma de amenizar a dor, e aprender a conviver ou tentar curar essa doença. Deixo aqui meu e-mail, para quem se interessar a fazer parte dessa ideia junto comigo. Mandem seus contatos que crio o grupo.
    manu.fge1@gmail.com

  • Maria aparecida pereira

    Morro d ciumes do passado. Tenho total convicção q estou errada. Gostaria d nao ser assim.
    O q pode amenizar esse sentimento?

  • Heitor

    Também enfrento esse problema.
    Meu Deus, é horrível, pois, para a maioria das pessoas, este sentimento não faz o menor sentido mas para quem sente é paralisante e, apesar da terapia que faço, não consegui, ainda, me livrar.
    Não tenho ciúmes de ex marido ou ex namorados, mas apenas de pessoas com quem minha namorada “ficou” sem compromisso, principalmente um cara que tinha uma moto dessas velozes, que conheceu num encontro de motos e que, depois, soube que era casado.
    Embora ela, quando soube que era casado, tenha imediatamente terminado com ele, ainda me dói. Me passa a idéia de que o outro é tão irresistível que, mesmo não tendo caráter, ela não podia resistir.
    Tenho com ela um relacionamento maduro, mas nem isso me tranquiliza. Acho quem, de certa forma, todos sonhamos em ser a aventura do nosso parceiro e não apenas o porto seguro. Todos queremos ser a paixão avassaladora e não apenas a tranquilidade, o cara direito.
    Vou mandar meu dados para o e-mail da manu e sugiro que todos façam o mesmo.
    Saber que não estou sozinho já é um grande conforto.
    Boa sorte a todos.

  • Carla

    Gente, o que me consolou foram esses comentários sabe, porque as vezes eu penso que estou ficando louca mesmo. Eu sinto tudo isso que vocês falaram, é impressionante. Eu crio ódio de todas as mulheres que meu namorado fica, ódio do tipo: queria que elas morresse e meu Deus , eu não sou uma pessoa que deseja o mau pra ninguém, mas quando se trata das ex dele eu tenho uma ira, choro muito de raiva. Eu me imagino como eles ficavam, como ele beijava as outras, como as tratava. Tenho ódio quando ele diz que ficou com uma menina porque ela pediu e quero morrer quando ele diz que tomou a iniciativa. Eu estou como algumas pessoas desses comentários, queria ser a primeira da vida dele. No meu caso eu vivi poucas histórias , beijei dois meninos e isso me faz m sentir mais inferior, já que ele pegou muitas eu queria disputar pau a pau quem pegou mais. Se ele ficou com mulher feia eu critico porque ele pegou tribufú e se pegou bonita aí eu morro. Eu critico muito, falo que ele é rodado, que tenho nojo dele por isso, e ele nunca fez isso comigo. Sou virgem e ele sabe o menino que beijei e nunca me criticou por isso, o ciúmes dele é muito suave e até isso me irrita. Sabe eu gosto dele mas até a vontade que dar é de terminar só pra ter outro cara e esfregar na cara dele, só por vaidade minha mesmo. Ele nem sai sem mim, exclui as mulheres das redes sociais, alias rede social é outro inferno sabe. Eu vi todo mundo sofrendo desse mau , mas não vi ninguém apontando uma solução. Gente eu preciso de ajuda!!!

  • Roberta

    Olá, estou com meu namorado somente 4 meses e tenho um ciúme da ex dele muito grande. Já vi fotos deles juntos e felizes isso não me sai da cabeça. Fico pensando em como era a relação sexual deles… ela é linda e eu me sinto muito inferior. Ela o traiu e por isso o relacionamento deles acabou… fico pensando que ele ainda quer estar com ela mas por orgulho não aceita isso. Me sinto um plano B. Não acredito no amor dele por mim e quando transamos fico pensando que ele na verdade pensa nela. Alguém gostaria de fazer um grupo no Whatsapp para nos ajudarmos? Estou quase terminando o namoro para parar de sofrer! Se quiserem trocar ideias, experiências e tentar ajudar uns aos outros nesse grupo do Whatsapp entrem em contato: robertarangel@bol.com.br

  • Julian

    Sei, só aqui na minha um já morreu pelo que vocês chamam de “ciúmes retroativo”…só que nesse caso quem matou foi o ex….que mundo que vocês vivem?….Um conto de fadas, onde simplesmente se joga fora um ex e começa uma nova relação, em um ciclo vicioso e acha que tudo será mil maravilhas?…..Aliás fala,falam e nunca vi nenhuma relação melhorar em nada com essas besteiras. Vocês inventam todo tipo de desculpas para a promiscuidade e safadezas, mas até agora só vejo famílias destruídas, seria esse o objetivo de vocês?…Parece….Não mulheres, a esmagadora maioria dos homens não aceita e nunca vai aceitar uma mulher rodada, porque isso é biológico e não psicológico, é efeito da Oxitocina, estudem ao invés de dar ouvidos a quem comete os mesmos erros de vocês….rodada querendo ensinar rodada, era só o que faltava….e ainda querem dizer como um homem pense sem sequer ser um para validar suas especulações, que piada….vão acabar no rivotril logo,logo….

    • Felipe

      É muito angustiante ,principalmente quando a esposa é maravilhosa …ela teve um passado ..e nesse passado vários relacionamentos …e e eu sinto calafrios só de lembrar …o pior disso que fiz ela me contar todos …e foram dezenas

  • Bruna

    É muito triste, mas ao mesmo tempo “bom” saber que não estou sozinha nessa. Há anos vivo atormentada por essa síndrome, já tentei muitas coisas e ainda não obtive sucesso. Já estraguei relacionamentos por ciúmes excessivo, mas principalmente ciúmes retroativo e só quem vive sabe o quanto é horrível. Os pesadelos tão reais, a ansiedade constante, tudo isso assombrando o dia-a-dia e tornando o relacionamento pesado enquanto tudo poderia ser leve; isso gera culpa e sofrimento também, me culpo por não conseguir. Conscientemente sei o quanto é absurdo, já que eu também tenho um passado e tive outros relacionamentos, mas mesmo assim sofro incontrolavelmente. Desejo a todos que sofrem desse mal que encontrem a paz e se curem, consigam ser felizes e aproveitar o relacionamento, assim como também quero isso para mim.

  • Ale

    Eu passo por isso, meu Deus como é difícil aceitar o passado da minha esposa. Eu a amo e temos uma filha juntos, quando nos conhecemos ela já havia tido dois relacionamentos sérios (isso é o que ela me diz, mas sinceramente, não acredito), há um tempo atrás até descobri algumas coisas, tais como, um motel que ela frequentou.. ela disse pra mim que não tinha quase experiências sexuais, e com tempo fui descobrindo que ela havia “tentado” fazer sexo oral no seu parceiro, o seu namorado fazia sexo oral nela..
    Enfim, saber dessas coisas dói muito, muito mesmo. Já pensei em terminar nosso relacionamento e ir embora pra outra cidade pois não aguento mais conviver isso.

  • Vanderlei de Paulo

    Tbm estou nesta situação não suporto a possibilidade de minha esposa ter perdido a virgindade com outro eo pior que na época nem na msm cidade eu morava mas fico assim por nunca ter sido o primeiro de alguém alias ela foi minha primeira

    • Rei

      Idêntico ao que eu passo. Parece que é eu dando o relato

  • Mari

    Eu estou passando por isso, não agüento mais..Já virou rotina entra nas rede sociais do meu namorado e ver coisas dele com suas ex namoradas, só de pensar que ele já teve um sentimento por outra me da desespero, isso me pertuba todos os dias.

    • Rei

      Também passo igual a vc. Idêntico. Comecei a transar com putas para aliviar, porém volta tudo de novo com o tempo.

  • F

    Foi interessante ler os comentários aqui, me identifico com alguns. No meu caso sou gay e namoro outro cara tem alguns meses. Como já disseram, não sinto ciúmes dos relacionamentos sérios/namoros dele. Mas, justamente, das aventuras, coisas rápidas, gente que ele ficou uma vez só. É uma coisa estranha, parece um pouco com inveja de alguma forma (mas eu mesmo já fiquei com muuuuita gente). Não sei bem definir. Isso também acontecia no meu relacionamento passado, mas só no início do namoro, depois passou. Eu sou bom de cama (acho até que talvez seja o melhor que ele já ficou), mas, mesmo assim, fico inseguro quando ele me conta uma ou outra história. Tento não demonstrar pq sei que é uma coisa que não tem nada a ver ter ciúme, mas a verdade é que eu sinto sim. Espero que possa diminuir agora que tomei consciência que isso existe mesmo, tem um nome é que um monte de gente (hétero ou gay) sofre.

    • João

      O meu ciúme é assim! Eu não tenho ciúmes de relacionamento nenhum do passado, meu ciúme é de aventuras casuais dela.

      E também as tive, tenho passado igual ao dela mas o dela na minha cabeça é absurdo, acho que foi promiscua e fico com raiva.

      Pensei que era apenas um sintoma de machismo mas teu relato me ajudou a ver que é mesmo só o ciúme retroativo a me ferrar a cabeça.

  • Dany Rodrigues

    Tenho passado por essa experiência assustadora.Estou em um relacionamento a pouco mais de um ano e meio, e sofro de ciúme retroativo.
    Meu namorado é mais velho que eu e, claro já teve muitas experiências. Ele tem uma ex que não sai da minha cabeça, pelo que ele conta foi um relacionamento muito conturbado, porém, muito intenso, ela é muito bonita- olhei o perfil dela no face- e eles tinham muita atração sexual pelo outro, isso me deixa muito perturbada sabe, morro de medo que um dia ela volte e ele me deixe por ela, tenho até pesadelos com isso.
    Só que além disso, quando o conheci ele vivia em uma vida promíscua, superando o relacionamento passado, e isso deixa-me com muita raiva, imaginar a pessoa que eu amo com várias outras pessoas.
    Sei que isso só nos faz mal, pois, tendo descontar nele minhas frustrações, porém, é algo involuntário sabe, as coisas vem automaticamente em minha cabeça e eu não consigo disfarçar meu ciumes.

  • Thais

    me identifico muito com isso, sofro namoro a 4 meses e sofro com isso quase todos os dias, meu namoro é um namoro a distância e isso prejudica as vezes as nossas conversas e acaba deixando nós dois tristes. Eu amo muito ele e faço de tudo pra melhorar mas as vezes é complicado, ele é super compreensivo e tenta me ajudar ao máximo.

Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>